Urban Jungle: como incluir o conceito para dentro dos ambientes?

O conceito de urban jungle virou tendência, mas você sabe o que é exatamente? Vários moradores das grandes cidades iniciaram uma busca com o objetivo de estabelecer novamente o contato com a natureza. A solução? Recriar o clima de selva dentro dos apartamentos!

Trazer a natureza para dentro dos lares pode ser um desafio, mas, os benefícios do contato natural são inúmeros. Pensando nisso, separamos algumas ideias para aplicar o conceito em seus projetos.

Os benefícios das plantas na decoração

Em meio ao estresse do trabalho e da paisagem urbana, chegar em casa e ser recebido pelo aconchego das plantas melhora as condições de saúde e a sensação de bem-estar. Na busca por um ambiente lindo, a dica é colocar as plantas junto de elementos decorativos e em áreas arejadas e iluminadas. Veja aqui quais cuidados tomar ao projetar e considerar o conceito de urban jungle nos apartamentos!

Conheça as plantas antes de projetar

Assim como é preciso conhecer os revestimentos na hora de especificar, é importante saber como as plantas se comportam com luminosidade, quais são tóxicas, com que frequência devem ser regadas, entre outros cuidados. De nada adianta projetar um espaço lindo com plantas que não se adaptam em ambientes internos.

Conheça a realidade dos moradores, pois, algumas espécies são tóxicas para gatos e cachorros. Confira essas informações antes de especificar as plantas em projeto!

Quanto a sensibilidade a luz, existem basicamente três tipos de plantas, as indicadas para sol, as ideais para meia sombra e as plantas de sombra. Compreender o comportamento de cada uma é importante para dispôr de maneira ordenada no ambiente, veja os três tipos!

  1. Plantas indicadas para sol: precisam de muita luminosidade e normalmente são mais indicadas para ambientes externos. Se a sacada tiver uma boa insolação, investir em plantas de sol é uma boa aposta.
  2. Plantas de meia sombra: precisam de menos intensidade luminosa, a insolação ideal é a luz da manhã ou do fim da tarde.
  3. Plantas de sombra: as plantas de sombra reagem bem com iluminação indireta, então são ideais para ambientes internos da casa.

Utilize vasos suspensos

Adotar vasos suspensos na composição pode ser uma ótima maneira de aproveitar o espaço. Mescle vasos baixos, altos e pendurados, o efeito visual fica incrível. Outra dica bacana é apostar em vasos autoirrigáveis para plantas suspensas.

Agrupe as plantas

O conceito de urban jungle prioriza criar espaços que realmente remetam ao clima de selva. Para obter esse efeito, mescle diferentes tipos de folha, tonalidades e formatos.

Nas referências, vemos uma presença maior de folhas que de flores, o que remete mais fielmente ao conceito de selva. Vale misturar os vasos com outras peças e itens de decoração. As composições diferenciadas deixam o estilo ainda mais natural e aconchegante!

Outra ideia é misturar os vasos com jardim vertical, mas lembre da importância de escolher uma parede que receba incidência solar e ventilação.

As plantas

Como falamos, escolher as plantas adequadas é um dos maiores cuidados de projeto, algumas espécies que se adaptam bem a ambientes internos são: samambaias, jiboia e suculentas, por exemplo.

Incentive seus clientes a aproveitar o contato com a natureza. Incluir a urban jungle em seus projetos pode encantar e melhorar a qualidade de vida. Procure conhecer as espécies mais indicadas para ambientes fechados e inclua o conceito em seus projetos!

Gostou de conhecer melhor a tendência urban jungle? Confira aqui sobre telhados embutidos e como eles podem ser uma ótima solução para o seu projeto!

Deixe um comentário