Telhas ecológicas: o guia completo sobre o assunto

Você por acaso conhece os benefícios proporcionados por um telhado sustentável? Apesar de ser um recurso relativamente novo no mercado, as telhas ecológicas vem se destacando dos demais materiais, sabia? Inovadora, resistente e durável, essa cobertura ainda consegue ser bonita e inofensiva ao meio ambiente. Não tem combinação melhor que essa, tem?

Pronto para conhecer mais a fundo essa solução sustentável que traz um ar moderno e criativo para as edificações? Então confira este guia completo que preparamos sobre o assunto e descubra de uma vez por todas as inúmeras vantagens da telha ecológica!

Antes de mais nada, o que são telhas ecológicas?

Podendo ser utilizadas em basicamente qualquer tipo de construção, de residências pequenas a grandes galpões, as telhas ecológicas são produzidas pensando no meio ambiente. São, por isso, fabricadas com materiais como fibras de papéis ou naturais, além de usar resíduos recicláveis, como o plástico.

Esse material inovador surgiu pela mais pura necessidade do setor de construção civil em reduzir a geração de entulho e a emissão de gases poluentes na atmosfera. As telhas ecológicas vieram para mudar o cenário. 

De acordo com um levantamento realizado pela Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição (Abrecon), diariamente são geradas mais de 290,5 mil toneladas de resíduos no setor, sendo apenas 0,6% desse material efetivamente reciclado.

Diante desse cenário, a fabricação de telhas ecológicas com materiais descartados se mostra cada vez mais importante para reduzir o impacto que a construção civil causa ao meio ambiente ao mesmo tempo em que fornece materiais de qualidade para os profissionais empregarem em seus projetos.

Ainda aqui, é válido destacar que a telha ecológica não contém amianto em sua composição, material comprovadamente tóxico. 

Como essas telhas são feitas?

A fabricação de uma telha ecológica pode utilizar os mais diversos materiais, desde garrafas PET até embalagens cartonadas. Cada vez mais, os avanços de pesquisa e tecnologia permitem a criação de produtos ecologicamente corretos com recursos e propostas diferenciados. Confira a seguir algumas possibilidades de fabricação de telhas ecológicas!

Embalagens cartonadas

Muito utilizado na construção civil, em projetos de habitação social e por organizações que promovem a sustentabilidade na arquitetura, esse modelo de telha ecológica tem em sua composição alumínio, garrafas PET, polietileno e polinylon.

Fibras vegetais

Esse tipo de telha ecológica utiliza fibras vegetais em sua composição, reduzindo o impacto ambiental e promovendo a sustentabilidade do material. É um modelo bastante usado na construção civil por ser uma opção capaz de unir o bonito com o ecologicamente correto.

Fibra de coco + embalagens cartonadas

A união das embalagens cartonadas recicladas com a fibra de coco foi o foco de um projeto criado por 2 estudantes de uma escola técnica de São Paulo. Surgiu daí esse modelo de telha ecológica que, apesar de ainda não ser comercializado, é um exemplo que comprova como a diversidade de alternativas materiais é capaz de contribuir com o meio ambiente.

Plástico reciclado

A fabricação de telhas ecológicas também pode se beneficiar do plástico reciclado. Inclusive já existem no mercado produtos que contêm esse material (muitas vezes doado por empresas ou comprado de cooperativas de reciclagem) em sua composição.

Quais são os diferenciais desse tipo de telha?

Acompanhe os comparativos que preparamos para explicar como o uso da telha ecológica na obra traz diferenciais drásticos em relação ao emprego de outros materiais!

Telha ecológica x telha de zinco

Incluindo a iluminação, a qualidade do ar e a sensação térmica, não tem como negar: as condições climáticas interferem diretamente na qualidade dos ambientes internos em uma construção. Mas disso você já está cansado de saber, certo? Sabe também como se comportam as telhas ecológicas e de zinco nessa história?

Modelo bastante popular no país, o telhado galvanizado (também conhecido como telhado de zinco) apresenta grande resistência à corrosão atmosférica, mas reproduz um som bem alto em períodos de chuva, além de não contar com uma boa eficiência em questões térmicas.

Já a telha ecológica de fibra vegetal, por sua vez, além de contar com uma boa resistência, é capaz de transformar o ambiente, tornando-o bem mais agradável para os moradores. Especialmente aqui no Brasil, com o calor batendo novos recordes a cada ano, um local fresco é capaz de melhorar significativamente a qualidade de vida de quem o frequenta.

Telha ecológica x telha de fibrocimento

Uma das grandes diferenças da telha ecológica em relação aos demais materiais está justamente ligada ao impacto causado ao meio ambiente: sua fabricação não requer nenhum produto nocivo à saúde ou capaz de liberar materiais tóxicos. Ao contrário da telha de fibrocimento, que pode ser considerada insalubre. 

Utilizado nesse produto, o amianto é de baixo custo e também de baixa durabilidade. Além disso, apesar de se mostrar uma fonte razoavelmente eficaz de isolamento, é extremamente nocivo à saúde. Quando inalada, essa substância pode causar sérios problemas, como cicatrizes nos pulmões e até mesmo câncer. Com saúde não dá para brincar, não concorda?

Telha ecológica x telha de concreto

A arquitetura ambientalmente responsável e o bom planejamento urbano são capazes de reduzir as emissões de dióxido de carbono causadas pela construção civil. O problema é que a produção de concreto responde por uma grande parcela da emissão de gases de efeito estufa na atmosfera. Ao projetar um telhado de concreto, portanto, o profissional da área infelizmente contribui para o agravamento do aquecimento global.

Também nesse aspecto, as telhas ecológicas se diferenciam bastante, já que não produzem resíduos nem emitem gases de efeito estufa em sua fabricação. Lembrando que elas são produzidas com materiais renováveis, como a fibra vegetal, além de reutilizarem recicláveis em sua composição, como garrafas PET.

Telha ecológica x telha de cerâmica

As telhas de cerâmica apresentam uma boa durabilidade e estão disponíveis no mercado em diferentes modelos e cores. Geralmente, esse produto tem o aspecto de meio cilindro, instalado em 2 camadas. Por isso, apesar de ser um tipo de cobertura bastante durável e funcional, sua instalação acaba exigindo muitos materiais, além de demandar muito tempo para a conclusão do trabalho. Sem falar que as telhas de cerâmica pedem uma estrutura de suporte mais robusta, pesando no bolso do consumidor.

No caso da telha ecológica, porém, a instalação é rápida, limpa e prática, o que a torna também mais barata e menos complexa. Seguindo a mesma linha, a estrutura exigida para servir de suporte é mais simples e rápida de providenciar. Tudo isso mantendo a beleza e a durabilidade!

Telha ecológica x telha de vidro

A instalação de telhas de vidro traz uma grande vantagem energética para a construção, que vai depender menos de luzes artificiais para deixar os ambientes iluminados. Se comparado a um telhado tradicional, fica fácil perceber que esse material também é uma ótima saída para proporcionar isolamentos térmico e acústico eficientes.

Apesar dos benefícios, no entanto, as telhas de vidro exigem manutenção frequente para evitar o surgimento de limo ou o acúmulo de sujeira, comprometendo não só o visual da cobertura como sua funcionalidade. 

Comparando com o vidro, o material das telhas ecológicas garante maior resistência e durabilidade. Protegida por resina especial, a telha ecológica não sofre tanto com o tempo úmido, evitando vazamentos e necessidade de reparos periódicos.

Existem mitos em torno da telha ecológica?

Por mais que a tendência seja que o mercado amplie cada vez mais o emprego de técnicas e materiais de construções ecologicamente corretos, ainda são muitas as pessoas com dúvidas sobre a qualidade e a resistência desses novos recursos. Pensando nisso, resolvemos comentar aqui sobre alguns dos mitos envolvendo as telhas ecológicas para você compreender melhor seus benefícios. Veja!

Resistência

Considerando principalmente seu baixo peso e sua alta flexibilidade, há quem acredite que o material das telhas ecológicas não é tão resistente quanto o dos demais modelos disponíveis no mercado. A verdade, porém, é que esses fatores não têm nenhuma relação com a real resistência do material ecológico, viu?

As telhas de fibra vegetal, por exemplo, são capazes de receber carga de até 90 quilos por metro quadrado! Esse material apresenta uma ótima durabilidade, não trincando nem quebrando ao cair ou ser lançado ao solo. Isso acontece graças à camada de resina e betume que o material recebe, tornando-o bastante resistente. Além disso, as telhas de fibra vegetal ainda garantem uma ótima impermeabilidade para a cobertura.

Resistência mecânica

Mas será que é seguro andar em cima desse telhado? Pois temos aqui outro mito sobre a resistência da telha ecológica. Existem aqueles que acreditam que esse tipo de material não oferece grande resistência, podendo quebrar ou se deformar com facilidade ao receber o peso de uma pessoa. Na prática, porém, as telhas ecológicas têm uma ótima resistência mecânica.

Saiba, então, que esse material não perde sua flexibilidade nessa situação, suportando tranquilamente uma pessoa caminhando por cima da cobertura. Caso seja necessário realizar algum tipo de inspeção ou manutenção no telhado, portanto, basta posicionar uma tábua para distribuir a carga concentrada e manter as telhas intactas.

Resistência térmica

Além de serem bastante resistente aos ventos e às intempéries, a telha ecológica de fibra vegetal, são impermeáveis, recobertas por resina e betume, elementos que servem também como proteção contra a ação das chuvas e da luz do sol. Ao contrário do que muitos podem dizer, a cobertura permanece ilesa mesmo sob sol escaldante. 

É claro que existem modelos no mercado que são mais resistentes que outros, já que há diferenças no investimento que cada fabricante faz em relação à tecnologia aplicada em suas telhas. Para escolher o material mais resistente, pesquise bastante antes, de preferência até entrando em contato com a empresa responsável, para não ter dor de cabeça no futuro.

Leveza

Outro dos grandes mitos das telhas ecológicas está relacionado a seu peso. Como uma das principais características desse material é justamente ser mais leve que os demais, há quem ache que esse aspecto traz certa insegurança para as construções. Mas não é bem por aí.

A segurança proporcionada não está ligada ao peso do material, mas ao modo de instalação. Assim como as telhas de cerâmica demandam amarrações especiais para não saírem voando ou se deslocarem, algumas telhas ecológicas disponíveis no mercado contam com recursos especiais para fixação na cobertura, como pregos e anilhas. Seguindo as orientações, nenhum vento ou chuva forte será capaz de deslocar as telhas. Nada de infiltrações, vazamento ou goteiras!

Qualidade

Você provavelmente já ouviu falar por aí que as telhas ecológicas acabam se deformando com o tempo. Não caia nessa! Trata-se de outro mito que circula no mercado. Deformidades só acontecem quando a instalação do material na cobertura não é feita como deveria. Vale ressaltar que são diversos os tipos de telhas ecológicas, cada uma com uma orientação específica sobre sua instalação.

Para evitar problemas, é essencial observar certos pontos, como a inclinação recomendada, o espaçamento ideal entre os apoios e o tipo de fixação indicada para o material. Todas as informações necessárias sobre a instalação das telhas devem ser indicadas pelo fabricante.

É indispensável ficar atento às etapas da instalação de um telhado ecológico. O simples respeito ao espaçamento indicado e à inclinação recomendada, por exemplo, já é capaz de evitar as tais deformidades, garantindo a segurança e a durabilidade da cobertura.

Como usá-las em um projeto arquitetônico?

Capaz de proporcionar melhorias na iluminação e na ventilação dos ambientes internos, a cobertura é parte essencial de qualquer projeto arquitetônico. Com isso em mente, combinar a sustentabilidade das telhas ecológicas com outros elementos, como janelas amplas e claraboias, é uma ótima forma de elaborar um projeto ao mesmo tempo sustentável e capaz de promover bem-estar a quem dele usufruirá.

Não custa nada relembrar, no entanto, que é essencial respeitar todas as instruções oferecidas pelo fornecedor, garantindo assim a instalação correta do material. Com esse cuidado, arquiteto e clientes se encantarão com a beleza e a funcionalidade que essa cobertura sustentável tem a oferecer.

Por que incluir as telhas ecológicas em um projeto?

O emprego das telhas ecológicas em um projeto arquitetônico traz uma série de vantagens consideráveis tanto para o meio ambiente como para os beneficiários daquela construção. Quer entender melhor?

Redução dos custos tanto durante como depois da obra

A utilização do telhado ecológico é capaz de reduzir desde os custos da obra em si até eventuais investimentos em manutenções e reformas. Graças ao peso do material, por exemplo, que é consideravelmente inferior ao dos demais modelos, é possível construir utilizando menos madeira para a cobertura, reduzindo assim os gastos com a estrutura de suporte. Além de sustentável e econômica, essa alternativa é uma forma eficiente de agilizar a obra!

Comprometimento com o meio ambiente

Com um processo de fabricação integralmente comprometido com a sustentabilidade, todo o ciclo de vida de uma telha ecológica Onduline objetiva reduzir os impactos ambientais, preocupação que os demais modelos no mercado não têm. Aliás, ao contrário do que acontece com os demais fabricantes, não cortamos nenhuma árvore durante a produção, sabia? A celulose usada é proveniente de aparas de papel reciclado.

Garantia de salubridade para os ambientes

Você já ouviu falar sobre um problema chamado síndrome do edifício doente? Basicamente, tal síndrome surge quando a edificação começa a prejudicar a saúde dos seus usuários. Pois um projeto sustentável evita muitos desses problemas, já que a construção é composta por materiais não tóxicos, como as telhas ecológicas. Assim, é possível garantir maior conforto e melhor qualidade de vida a todos os ocupantes da edificação.

Favorecimento do conforto térmico

Além de exigir menos do bolso durante a obra, as melhorias para a qualidade de vida dos ocupantes de uma construção ecologicamente coberta são diversas. A telha ecológica de fibra vegetal,são capazes, por exemplo, de promover ambientes internos muito mais confortáveis termicamente, principalmente se comparadas a outros modelos, como as telhas de metal e as de fibrocimento.

Nível elevado de resistência e durabilidade

A vida útil de uma telha ecológica gira, em média, em torno de 25 anos. Unindo esse fator à alta resistência do material, não restam dúvidas de que se trata de uma escolha inteligente para quem quer garantir durabilidade e resistência a intempéries. Além do mais, como as telhas também são extremamente flexíveis, possibilitam uma instalação perfeita.

Perfeição em forma de impermeabilidade

Muitos materiais de telhas disponíveis no mercado sofrem do mesmo mal: alta absorção de umidade. Com o tempo, o que a princípio parece ser apenas um detalhe acaba se transformando em um grande problema, podendo causar vazamentos e goteiras na cobertura. Entra aí o material da telha ecológica, que é impermeável e, por isso, absorve muito menos umidade que os demais. Impedindo a entrada de água, evita danos nas paredes e na estrutura de madeira da construção.

Como fazer um telhado com telha ecológica?

Para fazer um telhado funcional com telha ecológica, algumas especificações devem ser seguidas para garantir sua proteção. Preparamos um breve passo a passo para que não restem dúvidas sobre a forma de realização dessa etapa da obra. Acompanhe!

Verifique as especificações

O primeiro passo para instalar um telhado com telha ecológica sem complicações é seguir à risca as especificações técnicas do fabricante, principalmente no que diz respeito à sua estrutura. Em uma cobertura com telha ondulada, por exemplo, é preciso utilizar ripões respeitando uma distância de 45 centímetros entre eles e de 1 metro entre os caibros.

Saiba qual é a inclinação ideal

Para garantir uma excelente cobertura com esse material, é preciso ficar atento à inclinação do telhado. Em caso de dúvida, confira com o fabricante qual é o valor ideal para cada metro de telha, a fim de assegurar que a instalação seja um sucesso.

Siga o sentido da montagem

O sentido da montagem das telhas ecológicas é um ponto muito importante durante sua instalação. É essa determinação que vai garantir a durabilidade e a segurança do produto, evitando problemas com intempéries, vazamentos, goteiras e muitos outros normalmente causados pelo mau uso.

Repare na fixação correta das telhas

A fixação é uma etapa indispensável da construção do telhado. Sem ela, as telhas podem se deslocar ou até sair voando com ventos e chuvas muito fortes. Pela leveza desse material, é crucial fazer corretamente a ancoragem do telhado à estrutura da construção, evitando dores de cabeça com danos provocados durante tempestades, por exemplo.

Como aliar essa telha à modernidade do cenário urbano?

Apesar de muita gente ainda questionar se as telhas ecológicas são capazes de acrescentar um ar de modernidade às edificações, a verdade é que elas trazem inovação aos projetos arquitetônicos. Inovação e modernidade casam bem, não acha? 

A opção por esse material permite alta personalização na instalação, de acordo com as necessidades da planta e das características estéticas do projeto. As telhas ecológicas oferecem uma grande variedade de cores e formatos, além de flexibilidade e leveza, favorecendo a criatividade dos profissionais de Arquitetura para o planejamento de coberturas diferenciadas.

Quais as vantagens da telha ecológica Onduline?

Depois de entender melhor sobre esse produto sustentável, que tal conhecer as principais vantagens da telha ecológica Onduline? Vamos lá?

As telhas são leves e resistentes

Diferentemente dos produtos de outras marcas, a telha Onduline chega a ser até 5 vezes mais leve, característica muito vantajosa especialmente para facilitar seu transporte e armazenamento, favorecendo a agilidade na conclusão do projeto.

A instalação é simples

Além de ser um produto leve e de fácil manuseio, a instalação da telha ecológica Onduline é muito prática, principalmente porque conta com um sistema de marcações eficaz. Assim, o processo se torna intuitivo. Existe também um indicador sobre o espaçamento adequado entre as ripas e os pontos de fixação, assegurando que a cobertura será instalada com a maior precisão possível. A Onduline oferece um guia completo de instalação com todas as orientações necessárias, como inclinação, espaçamento, fixação e até cálculo das telhas.

Os modelos variam de estilo

O design é um aspecto muito importante para qualquer projeto, certo? Pensando nisso, a Onduline desenvolveu um portfólio de modelos telhas bem variados, tudo para atender aos diferentes tipos de edificações e encantar os usuários. Não se preocupe, porque certamente há um modelo de telha ecológica Onduline que vai combinar com seu projeto.

Pronto para começar a incluir coberturas sustentáveis nos seus projetos daqui para frente? Na Onduline você tem à disposição uma grande variedade de produtos pensados para, com uma ótima diversificação de modelos e cores, agregar modernidade, beleza e sofisticação a qualquer construção.

Não perca mais tempo: entre em contato com um de nossos consultores e conheça mais sobre nossas telhas!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.