Reforma de telhado: 34 termos que você precisa saber

Água-furtada, chapuz, espigão. Quem vai fazer uma reforma de telhado precisa acompanhar de perto o planejamento e execução do projeto para garantir um bom resultado, mas é bastante comum que termos como esses acabem dificultando essa missão.

Por isso, antes de iniciar a reforma do telhado, é importante conhecer o significado de algumas palavras que são frequentemente utilizadas do projeto ao canteiro de obras.

Imagem ilustrativa de glossário de termos básico de reforma de teclado

34 termos comuns na reforma de telhado

Os termos abaixo fazem parte do vocabulário básico de quem trabalha com construção e reforma de telhado. Confira!

1. Água

É o nome dado para designar as superfícies inclinadas do telhado, que tem função fundamental no escoamento das águas da chuva. Um telhado de meia água, por exemplo, é aquele que conta com um único plano inclinado.

2. Água-furtada ou rincão

É o nome usado para designar o vão formado entre duas águas do telhado, por onde escorrem as águas da chuva.

3. Beiral

É a parte da estrutura do telhado que se estende além do corpo da construção, facilitando o escoamento da água da chuva e evitando que ela caia diretamente na parede ou escorra entre janelas e portas. Frequentemente instalado ou substituído na reforma de telhado.

4. Bitola

É o nome utilizado para designar uma unidade de medida-padrão de certas peças, elementos ou componentes da construção. Ela pode representar, por exemplo, o valor arredondado do diâmetro de uma barra de aço ou a largura e comprimento de uma peça de madeira.

5. Caibro

É um elemento que compõe a estrutura do telhado, geralmente de madeira, instalado de maneira perpendicular às ripas com o propósito de transferir para as terças o peso que antes estava concentrado nelas.

6. Calço ou chapuz

É uma peça de madeira com formato geralmente triangular que é fixada na tesoura e tem como objetivo servir de apoio para a terça.

7. Calha

É uma espécie de cano aberto na parte superior. Utilizado para facilitar o escoamento das águas da chuva que caem no telhado, pode ser feito de diversos materiais como cobre e zinco. Costuma ser um dos focos na reforma de telhado.

8. Cantoneira

Trata-se de uma peça de ferro ou outro material resistente, confeccionada em ângulo com o objetivo de reforçar cantos ou juntas das estruturas de madeira.

9. Claraboia

Trata-se de uma abertura no telhado, fechada por material transparente, como o  vidro, com o objetivo de tornar o interior da edificação mais iluminado.

10. Cumeeira

É a parte mais alta do telhado, onde há o encontro de duas águas.

11. Diagonal

Também chamada de mão francesa, é uma estrutura triangular, geralmente de madeira, com objetivo de sustentar o beiral do telhado e diminuir a compressão sobre ele.

12. Empena

Conhecida também como oitão ou frontão, empena é o termo utilizado para as duas paredes laterais que servem como apoio para cumeeira em telhados de duas águas.

13. Espigão

É uma intersecção inclinada que é feito pela junção entre duas águas de uma cobertura, formando um ângulo saliente.

14. Fiada

Significa uma fileira de telhas dispostas no sentido da largura e instaladas de maneira perpendicular às terças.

15. Forro

É um elemento da cobertura utilizado tanto com função estética — para ocultar as telhas, vigas e dutos elétricos no interior do imóvel  — como para ampliar o  isolamento térmico e acústico da construção. É um dos elementos mais presentes na reforma de telhado.

16. Frechal

É uma viga, componente da estrutura do telhado, assentada sobre o topo da parede com objetivo de servir de apoio para a tesoura e distribuir a carga concentrada sobre ela.

 

17. Impermeabilização

É um processo de proteção da cobertura contra raios solares, umidade, chuvas e outras intempéries com o objetivo de prolongar sua vida útil. Muito utilizada na reforma de telhado, a impermeabilização pode ser realizada com o uso de diversos materiais, como mantas, emulsões acrílicas ou soluções de silicone líquido, entre outros.

18. Isolamento acústico

Trata-se da utilização de produto ou técnica na cobertura e nas telhas, para diminuir o impacto sonoro nos ambientes, provocado por ruídos externos.

19. Isolamento térmico

É a utilização de produto ou técnica na cobertura e nas telhas com o objetivo de tornar a temperatura dos ambientes mais agradável e diminuir os custos de climatização.

20. Linha

Trata-se de um componente da estrutura do telhado localizado na parte inferior da tesoura, cujo objetivo é distribuir a carga das telhas para as vigas ou pilares.

21. Madeira brancal

Também chamado de alburno, é a camada de madeira situada logo após a casca, na parte mais externa da árvore, caracterizada por sua cor mais clara e por ser menos resistente.

22. Madeira puro cerne

Ao contrário do brancal, o cerne é a camada mais central da árvore. Possui coloração mais escura e apresenta alta durabilidade e resistência.

23. Madeiramento

Trata-se da estrutura de madeira instalada na parte superior da construção para servir de apoio para as telhas.

24. Manta

É um material isolante utilizado para proteger a cobertura das variações de temperatura, poeira, umidade, chuva e vento ou mesmo para  diminuir o impacto sonoro nos ambientes. Bastante utilizada na reforma de telhado.

25. Passarinheira

É um acessório de proteção para a cobertura, que tem como objetivo impedir a passagem de animais de pequeno porte como ratos, morcegos e pombos.

26. Pendural

Trata-se de um elemento vertical da estrutura da cobertura que está localizado bem no centro da tesoura e que se estende da superfície da linha até a cumeeira.

27. Percentual de inclinação

Também chamado de declividade, é o resultado do cálculo utilizado para encontrar a diferença de altura entre dois pontos e a distância horizontal entre eles, determinando assim a altura da cumeeira e o comprimento do pendural. O percentual mínimo de inclinação de um telhado é determinado pelo tipo de telha a ser utilizada.

28. Platibanda

É uma faixa horizontal construída na parte mais alta da edificação com o objetivo de proteger o telhado ou escondê-lo.

29. Ripa

Parte integrante da estrutura do telhado, a ripa é uma peça, geralmente, de madeira. Serve de apoio para as telhas e está fixada sobre os caibros.

30. Rufo

É uma estrutura de metal comprida, geralmente, instalada no encontro entre o telhado e a parede para evitar a passagem da água e diminuir o risco de goteiras e infiltrações.

31. Terça

Parte importante da estrutura do telhado, a terça é uma viga que sustenta os caibros e está instalada paralelamente à cumeeira e ao frechal.

32. Tesoura

Principal componente da estrutura de um telhado e parte inicial de sua construção, a tesoura é uma estrutura de formato triangular que tem como função fechar o vão formado pela inclinação de diferentes águas.

33. Testeira

É uma peça de acabamento de madeira, PVC ou metal instalada na extremidade do beiral com o objetivo de servir de base para a instalação da calha, melhorar a estética do telhado e criar uma barreira que proteja as vigas das intempéries.

34. Trama

Espécie de grade formada pela intersecção entre ripas e caibros. Tem o objetivo de dar suporte para as telhas e diminuir os riscos de infiltrações.

 

Embora o planejamento e execução da reforma de telhado devam ser realizados por profissionais especializados, conhecer esses conceitos é importante para entender o processo e participar ativamente da gestão do projeto.

Agora que você já sabe quais são os principais termos relacionados à construção ou reforma de telhado, aproveite para descobrir como você pode reformar o telhado sem tirar a cobertura antiga!

Deixe um comentário