Quer ter energia solar em casa? Tire já suas dúvidas sobre o assunto!

 As fontes renováveis de energia estão em alta, pois, não são causam danos a natureza. A energia solar para casa é uma ótima alternativa, quando falamos em complementação e autossuficiência energética. Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe aqui!

Entenda como funciona processo, qual é o custo médio e quais são os principais benefícios ao adotar a energia solar em casa! O sistema valoriza os imóveis e possibilita retorno rápido.

1. Quais adaptações são necessárias para instalar o sistema de energia solar para casaa?

O sistema de energia permite economizar com a conta de luz mesmo nos períodos sem sol. É regulamentado pela normativa 482 da ANEEL (Agência nacional da energia elétrica), desde 2012.

Os sistemas geradores podem ser instalados sobre telhados, ou no solo. A inclinação pode ser adaptada para seguir as recomendações do fabricante.

Os produtores de sistemas de captação de energia solar orientam adotar inclinações entre 15 e 20 graus. Caso o telhado não esteja com a inclinação indicada, a estrutura de suporte dos painéis pode ser adaptada.

2. Qual é o valor médio do investimento?

Vale ressaltar que cada sistema será projetado exclusivamente, de acordo com a necessidade do consumidor e dos padrões de consumo. O número de equipamentos elétricos utilizados e tempo de uso impactarão no dimensionamento do sistema de geração de energia solar.

Para ter uma ideia de investimento, em linhas gerais os sistemas partem de quinze mil reais, para instalações de porte pequeno. Aproximadamente vinte e cinco mil reais para sistemas de porte médio e custo de quarenta mil para sistemas de grande porte.

E se você não tiver esse dinheiro disponível? Fique tranquilo, vários bancos oferecem linhas de financiamento para investimentos em fontes renováveis de energia. O return of investiment, ou ROI, é a taxa de retorno do valor aplicado, para sistemas de energia solar gira entre quatro a seis anos.

3. Como é feita a instalação?

Para começar a instalação é necessário verificar a viabilidade econômica do equipamento. Faça um orçamento que contemple todos equipamentos, fiação e baterias para o sistema. Nesta etapa, a empresa responsável pela instalação fará uma visita para conferir medidas e dados do sistema.

O segundo momento é projetar a instalação, verificar o dimensionamento da estrutura e a necessidade de reforços nos telhados, ou regiões de colocação dos equipamentos.

Lembre que ao instalar sobre telhados, as placas solares resultarão em sobrepeso na estrutura já existente, por isso, entre em contato com engenheiros para atestar a resistência estrutural. Vamos ao passo a passo da instalação:

  • os trilhos de suporte serão instalados na cobertura, e devem ser nivelados para evitar danos e torções nas placas;
  • as placas serão içadas, com cordas, em módulos individuais, é importante levantar as peças com muito cuidado;
  • depois de instaladas as placas, serão feitas as ligações elétricas do sistema, neste momento serão instalados os cabos e chaves;
  • o próximo passo é aferir os níveis de tensão e corrente de geração, os dados obtidos deverão estar dentro da faixa estabelecida.

Uma observação final sobre a instalação, as placas deverão ser orientadas para o norte e com a inclinação indicada, que fica entre 15 e 20 graus! Essas medidas auxiliam no funcionamento adequado do sistema.

4. Quanto tempo dura o sistema?

O sistema de geração de energia solar é composto por: placas solares, inversores e baterias, cada equipamento terá duração específica. As placas solares duram em média entre 25 e trinta anos, a garantia de fábrica é de 25 anos. É válido ressaltar que com o passar do tempo, as placas perdem eficiência, a redução gira em torno de 20%.

Os inversores têm menor duração, com vida útil estimada entre 12 e 15 anos. As baterias são as peças de menor durabilidade, com vida média de 3 anos. Lembre de cuidar com o descarte adequado de baterias e peças do sistema.

5. A manutenção do sistema

As partes mais sensíveis do sistema de geração de energia são as placas solares. O acúmulo de poeira e sujidades pode comprometer o desempenho do sistema. Fique tranquilo, a manutenção é simples, não depende de equipe especializada e pode ser feita com um pano úmido.

6. Como funciona a produção da energia solar

O sistema de produção de energia solar é composto por placas, inversores, caixa de junção, suporte e ancoragem e cabeamento. O kit completo que garante a produção de energia.

As placas solares são as mais conhecidas do sistema de geração de energia. São as responsáveis pela recepção da luz solar. A energia captada será destinada ao inversor, este equipamento converterá a energia solar em energia elétrica.

A energia convertida pelo inversor passará pela caixa de junção, que terá proteção contra possíveis danos elétricos, a chamada proteção contra surto. Na caixa de junção também será localizada a chave de acesso para reparo do sistema.

O sistema de suporte e ancoragem conta com as estruturas para fixação, seja no telhado, ou no solo. Para instalações em coberturas é necessário adaptar a inclinação. Já para os equipamentos instalados no solo, verifique a altura necessária para o funcionamento do sistema. Além disso, todo o sistema deverá ser ligado por cabos e conectores. Avalie as instalações para evitar acidentes.

Por fim, um equipamento adicional é o kit de baterias, responsável pelo armazenamento de energia. As baterias são muito utilizadas nos casos de Off grid, onde o sistema de geração de energia solar será a única fonte de energia. Vale lembrar que as baterias têm um período curto de vida útil e devem ser destinadas adequadamente.

Procure bons fornecedores para garantir que o sistema de geração de energia solar será feito com todo o cuidado e eficiência necessária. Na onda da sustentabilidade, uma boa dica é pensar na edificação como um todo e adotar soluções para melhorar a ventilação, iluminação e reaproveitamento de água, por exemplo. Pensando na iluminação natural, uma boa dica é intercalar telhas de policarbonato na cobertura, você já conhece a onduclair? A telha é transparente, permite a entrada de luz natural e pode ser usada em conjunto com outros tipos de telha, vale a pena conferir!

Gostou de saber mais sobre energia solar para casa? Então, aprenda mais com o nosso conteúdo sobre telhado ecológico, você vai adorar!

Deixe um comentário