Quais são os tipos e modelos de telhado resistente ao vento?

Uma única tempestade é capaz de destruir totalmente a cobertura de uma casa. Por outro lado, um telhado resistente ao vento é capaz de oferecer abrigo e segurança aos moradores, independentemente de intempéries.

Imagem ilustrativa de um telhado resistente ao vento

O risco de destelhamento é uma preocupação constante sobre a cobertura de um imóvel, em situações de ventos fortes, uma vez que coloca em perigo a vida dos moradores, além de danificar móveis, eletrodomésticos e objetos pessoais.

Felizmente, já existem opções de telhados capazes de resistir ao vento forte. Quer saber quais são esses telhados? Continue lendo!

3 tipos de telhado resistente ao vento

Telha ecológica de fibra vegetal

Ao contrário das telhas cerâmicas e das telhas de concreto, as telhas ecológicas são instaladas como uma peça contínua que se estende por todo o telhado do imóvel, do beiral (parte mais baixa do telhado) até a cumeeira (parte mais alta do telhado).

Esse processo de construção minimiza as áreas onde o vento e a precipitação podem penetrar na estrutura e causar danos, criando coberturas resistentes ao vento. Além disso, os telhados construídos com a telha ecológica são mais leves do que aqueles construídos com outros materiais. Esse tipo de telhado ecológico é fixado mecanicamente à estrutura de madeira com parafusos, criando uma cobertura que pode suportar grandes cargas de estresse.

Imagem ilustrativa de cobertura feita com telha ecológica de fibra vegetal Onduline

No teste do túnel de vento, a cobertura com telhas ecológicas se mostrou capaz de resistir a ventos de até 318 km/h quando instalada sobre estrutura metálica e a ventos de até 290 km/h quando instalada sobre estrutura de madeira.

Além de ser resistente ao vento, a telha ecológica tem baixo índice de condutividade térmica, o que torna o ambiente interno do imóvel muito confortável, do ponto de vista térmico.

Telha ecológica de fibra vegetal Onduline

Telha de concreto

Telhas de concreto também oferecem boa resistência ao vento forte. O peso total de um telhado de concreto chega a 120 Kg, o que torna difícil que as telhas se movam sob ação de ventos fortes se estiverem bem presas à estrutura. No entanto, as fileiras externas do telhado precisam ser amarradas, uma vez que as bordas dessa estrutura são mais frágeis que o meio.

Imagem de telhas de concreto

Vale lembrar que telhas de concreto oferecem grande risco aos moradores, em caso de desabamento, uma vez que são muito pesadas. Por isso, a estrutura de um telhado de concreto precisa ser fortemente reforçada.

 

Telha de cerâmica

A cobertura cerâmica é outro tipo de telhado resistente ao vento. Disponível em diversos modelos como a telha francesa, a telha colonial e a telha italiana, a telha cerâmica é maciça, portanto exige estrutura robusta para suportar o seu peso.

Imagem de telhas de cerâmica

Para resistir às tempestades, assim como acontece com um telhado de concreto, é importante que as fileiras externas da cobertura cerâmica estejam fortemente amarradas com arame, caso contrário todo o telhado poderá se desprender sob ação dos ventos.

Além dos tipos de telhado resistente ao vento descritos acima, a estrutura e o modelo certo são fundamentais para o bom desempenho da cobertura frente às intempéries.

Dicas para preservar o telhado diante de intempéries

Invista em bom design estrutural

Uma planta baixa inteligente pode reduzir o efeito dos ventos sobre a cobertura de uma casa, tornando o destelhamento menos provável. Em geral, telhados quadrados, hexagonais e octogonais impedem que o vento incida diretamente sobre as telhas.

Embora mais caros, telhados com múltiplas inclinações, como um telhado de quatro águas, têm melhor desempenho sob forças do vento do que telhados de duas águas, por exemplo.

Mantenha a estrutura em ordem

Independentemente da telha escolhida para o projeto, o telhado será pouco resistente ao vento se a estrutura de madeira que o sustenta não for forte o suficiente. Ao reformar o telhado, certifique-se de que a madeira apodrecida ou úmida seja removida e que a estrutura não esteja infestada por fungos ou cupins.

Além disso, as conexões entre a estrutura de madeira e a paredes também devem ser fortes. Um erro estrutural pode ser progressivo e a falha de apenas um elemento pode desencadear a falha de outro, levando a um colapso total da cobertura em um dia de chuva forte.

Também é importante observar que as extremidades de um telhado experimentam muita exposição a ventos fortes, tornando toda a estrutura vulnerável a danos. Para garantir um telhado resistente ao vento, vede todas as aberturas e sistemas secundários.

Use fixadores adequadamente

É um fato: telhas parafusadas à estrutura resistem melhor aos ventos do  que telhas apenas encaixadas, sejam elas leves ou pesadas. É importante lembrar que roscas e juntas utilizadas para prender as telhas à estrutura devem ser resistentes à água.

Recolha toldos e outras estruturas 

Tome nota: toldos são saliências por onde o vento pode penetrar e comprometer todo o telhado, por isso o ideal é retirar essas estruturas do imóvel em dias de ventos fortes.

Além de garantir a segurança dos moradores, um telhado resistente ao vento oferece melhor custo-benefício no projeto, uma vez que não será necessário reformar toda a cobertura após cada tempestade.

Ao fazer as escolhas certas na hora de construir ou reformar o telhado, é possível aumentar drasticamente o desempenho e a segurança da cobertura, mesmo em dias de ventos fortes.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre  as características que tornam um telhado resistente ao vento, que tal descobrir quais são os 5 tipos de telha que não esquentam o ambiente?

Deixe um comentário