3 coisas que não te contaram sobre a manta asfáltica para telhado

Será que, apesar de popular, a manta asfáltica para telhado é mesmo uma boa opção para o seu projeto? Você sabe quais são os prognósticos do material no que diz respeito a durabilidade, facilidade de manutenção e custos? Descubra tudo no artigo de hoje!

O que é manta asfáltica para telhado?

A manta asfáltica para telhado é um método de impermeabilização comercializado em rolos de espessura variável. Como o próprio nome diz, ela é composta de material asfáltico modificado, ao qual são adicionados materiais diversos, como fibra de vidro, poliéster, polietileno ou borracha, que conferem ao sistema características próprias, como maior resistência.

Além das variações no que diz respeito aos componentes adicionados, as mantas asfálticas para telhado também podem ser diferentes no estruturante interno escolhido, na espessura, na resistência e no acabamento.

A escolha da manta asfáltica mais adequada para cada projeto deve ser feita por um profissional especializado. No entanto, os tipos de manta mais utilizados são:

  • aderida: uma das mais comuns, pode ser ligada à superfície com asfalto ou maçarico e costuma ser aplicada em lajes, varandas descobertas ou piscinas;
  • flutuante: utilizada em superfícies planas que sofrem grandes deformações, é aplicada sem adesão à base, desligada do substrato;
  • aluminizada: com uma camada de alumínio na parte superior, é utilizada como acabamento final em áreas não transitáveis;
  • ardosiada: com camada de autoproteção de ardósia, não precisa de proteção mecânica e é utilizada em áreas de cobertura não transitáveis com inclinações não superiores a 30%.

Quais são os outros tipos mais utilizados de manta asfáltica para telhado?

Manta asfáltica de alumínio

Esse modelo, devido a seu material facilmente deformável, é indicado somente para telhados em cuja superfície não há o risco de aplicação de pesos. Então, deve ser evitado em regiões com chuvas de granizo, pois isso pode comprometer sua estética.

Como vantagens, ela apresenta um excelente controle da umidade e um controle térmico que mantém a temperatura no interior do imóvel mais amena em relação às variações do clima exterior.

Sua instalação é bem simples e pode ser feita de duas maneiras:

  • aderência com asfalto: a manta asfáltica é fixada à superfície de alumínio com asfalto aquecido. Quando o material seca, ele cola permanentemente as duas camadas;
  • aderência com maçarico: a chama é utilizada para aquecer a chapa de alumínio à face de aderência da manta. O calor liquefaz essa superfície e, quando ela volta às temperaturas normais, ela se fixa à manta. Nesse caso, a temperatura do maçarico deve ser bem controlada, para evitar danificação permanente.

Manta asfáltica de poliéster

Nos últimos anos, foram desenvolvidos materiais plásticos com características muito inovadoras, como é o caso do polímero poliéster. Sim, o mesmo que é utilizado em tecidos. Com o tratamento adequado, ele forma uma manta que une três características essenciais: resistência, durabilidade e aderência.

A estrutura de poliéster recebe uma camada de resina e é termofixada, de forma que a impermeabilização do telhado dura muito mais tempo, quando comparada a coberturas tradicionais.

Manta asfáltica pré-moldada ou de polietileno

Outro polímero de alta tecnologia, essa opção é bastante interessante, pois é muito resistente a abrasões e impactos devido a fatores ambientais ou a obras complementares. Desse modo, ela atinge uma maior durabilidade, além da vantagem de poder ser reutilizada.

Além disso, ela é considerada uma das mantas mais versáteis, podendo ser aplicada em lajes transitáveis, jardins, acima de paredes verticais, muros de arrumo, sob caixas d’água etc.

Quais as vantagens do uso de mantas asfálticas?

Protegem as construções da umidade

O telhado certamente é a estrutura que mais recebe umidade em uma construção, pois é responsável por escoar toda a água das chuvas. Por isso, ele deve ser bastante impermeável. As mantas de asfalto, dentre os diversos materiais de isolamento climático, são os materiais mais eficazes nessa tarefa.

Ajudam na preservação dos móveis, pinturas e eletrodomésticos

Com isso, você não precisará se preocupar mais com a possibilidade de dano às estruturas da sua residência. Ao contrário das telhas tradicionais e do teto de alvenaria, as mantas não permitirão que surjam goteiras em cima de equipamentos da sua casa.

Têm resistência a tração, furos e rasgamentos

Por fim, não podemos deixar de frisar um dos grandes diferenciais da manta asfáltica. Os outros tipos, como lã de rocha, além de não oferecerem uma boa impermeabilização, são mais sensíveis a danos de atrito e de tração, como os furos e os rasgamentos. Também, mesmo que haja danos, por ser um material reutilizável, ele é facilmente reparado.

3 fatos sobre manta asfáltica para telhado que você precisa saber

Ainda que seja um dos métodos de impermeabilização mais populares no Brasil, algumas informações importantes sobre a manta asfáltica não são muito conhecidas. Saiba quais são elas!

1. O tempo de vida útil do produto não é longo

Ao contrário do que muita gente imagina, a vida útil da manta asfáltica para telhado não é infinita e depende de uma série de fatores, como a especificação adequada dos materiais, o dimensionamento do sistema de escoamento da laje e a manutenção devida.

Embora alguns fabricantes informem que a durabilidade média do produto é de cerca de 20 anos, em geral, a manta asfáltica apresenta vida útil com estanqueidade total entre 5 e 10 anos, já que, com o passar do tempo, ela perde a flexibilidade e se torna quebradiça, apresentando falhas na fixação e diversos outros problemas, como infiltrações e vazamentos.

Por isso, ao optar pela manta asfáltica para telhado no seu projeto de impermeabilização, é importante considerar, também, gastos futuros com a sua substituição total, já que, nesse tipo de cobertura, pequenos reparos não se apresentam como soluções eficientes nem duradouras, devido à dificuldade de localização do foco do problema.

É importante considerar, ainda, que a execução total de uma nova impermeabilização com manta asfáltica para telhado, além de novos custos, gera uma série de transtornos, já que será preciso remover a proteção mecânica existente, se houver, retirar e transportar o entulho gerado, remover a impermeabilização antiga, reconstituir a regularização, aplicar a nova manta asfáltica, além de colocar nova camada separadora e proteção mecânica.

2. Os custos são altos quando comparados aos de outras soluções

A princípio, o custo da manta asfáltica para telhado no projeto de impermeabilização parece não ser tão alto, se considerado somente o valor do rolo do produto no varejo. No entanto, é importante salientar que estimar o custo do projeto tomando como base somente essa variável configura um erro importante de cálculo.

Isso, porque, ao valor do material, deve somar-se o custo da necessidade de contratação de mão de obra especializada e, como você já sabe, a necessidade de substituição completa do material em períodos relativamente curtos.

Em geral, os custos de impermeabilização na construção civil estão estimados entre 1% e 3% do custo total da obra. No entanto, esse valor pode atingir uma variação de 5% a 10% quando o projeto não atingir seu objetivo e apresentar defeitos.

Apenas para efeito de comparação, de acordo com a Associação Sul-Brasileira de Impermeabilização (ASBI/RS), os custos por metro quadrado — incluindo material e mão de obra — para aplicação de manta asfáltica são de, aproximadamente, 6% do custo unitário básico (CUB/RS).

Diante desse cenário, é possível encontrar soluções de impermeabilização mais baratas e que não apresentem os mesmos inconvenientes da manta asfáltica.

3. Há a necessidade de contratação de mão de obra especializada

Embora seja conhecida por ser um sistema de impermeabilização relativamente simples, para que sua durabilidade seja garantida, a instalação da manta asfáltica para telhado exige mão de obra especializada.

Isso, porque o processo tem uma série de particularidades, especialmente no que se refere ao cuidado com emendas e pontos críticos, como desníveis, que precisam ser atentamente respeitados pelos aplicadores.

A medida é fundamental para evitar o surgimento de goteiras e infiltrações que possam causar a refação da obra antes do tempo inicialmente previsto, o que traz uma série de transtornos e gastos extras.

Além disso, o projeto de impermeabilização precisa ser realizado por um profissional especializado, como um engenheiro ou arquiteto, e deve ser pensado logo no início da obra, para que todos os detalhes possam ser planejados considerando as normas técnicas pertinentes e evitando soluções improvisadas e custos desnecessários.

Por todos esses pontos, é importante considerar o uso de outras soluções além da manta asfáltica para telhado na hora de planejar a impermeabilização do seu projeto.

Agora que você conhece um pouco mais sobre a manta asfáltica para telhado, o que acha de procurar um de nossos consultores para que ele lhe explique tudo que uma manta asfáltica pode acrescentar ao seu projeto? Então, entre em contato com a gente!

Leave a Reply

Posts mais populares

Confira agora 5 dicas práticas sobre como limpar telhado
18/11/2019
Veja como funciona a captação de água da chuva
14/11/2019
Como consertar o telhado? Veja pequenos reparos que podem ser feitos
01/11/2019
 6 ferramentas essenciais para ajudar nas obras
31/10/2019
8 cuidados de como andar no telhado com segurança
30/10/2019

Text Widget

Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Donec sed odio dui. Etiam porta sem malesuada.