O que é cumeeira em um telhado e para que serve?

Há termos que ouvimos muito durante as obras, mas não entendemos muito bem sua importância. Essa provavelmente é o caso da cumeeira. Esse nome estranho se refere a um tipo especial de telha criada para cobrir o vão, formado no pico do telhado devido encontro das duas águas.

Ainda está difícil de visualizar, não é mesmo? Por essa razão, preparamos este post especialmente para você. Assim, poderá saber exatamente o que é uma cumeeira, qual a sua importância para obras e os principais tipos. Acompanhe!

O que é uma cumeeira?

A grande maioria dos telhados demanda vários acessórios para melhor a funcionalidade e a estética da estrutura. Entre eles está a cumeeira, a qual é essencial para os modelos em forma triangular que formam um prisma. Assim, uma aresta fica acima de toda a estrutura, formando um pico. Essa região é particularmente sensível a danos, como infiltrações. Afinal, ali não é possível fazer um encaixe perfeito entre as telhas, ficando um vão entre elas.

Tecnicamente falando, a cumeeira serve para proteger a fresta que é formada pelo encontro das duas águas de um telhado em forma de tesoura. Para contornar esse problema, foi criado um tipo de telha especial, a cumeeira. Ela é bastante interessante, pois tem um formato especial para se encaixar na aresta, evitando a formação desse espaço que pode acumular água, atrair animais em busca de abrigo, comprometer a eficiência térmica da construção etc.

Além disso, elas têm uma função estética, especialmente nos projetos residenciais. Há vários modelos decorativos que ficam muito bonitos e dão um charme especial à construção. Portanto, podem ser consideradas também uma espécie de acabamento.

Nesse sentido, elas se diferenciam das capas, outra estrutura com a finalidade de tampas os vãos formados pela inclinação de duas folhas de telhas. A capa é meramente funcional, não tendo nenhum efeito estético sobre a construção.

Dito isso, é importante lembras que as cumeeiras são desnecessárias nos projetos de telhados que não formam ângulos ou arestas, como embutidos. Afinal, elas só fazem sentido quando as telhas formam ângulos significativos entre si.

Quais são os tipos de cumeeira?

Por serem uma peça tão indispensável nos telhados, as cumeeiras apresentam vários modelos. Desse modo, você precisa conhecer bem cada um deles para tomar a decisão correta para cada caso. A seguir, apresentaremos os principais.

Cumeeira Shed Lisa

Esse tipo de cumeeira foi criada para o acabamento dos telhados em forma de serra, o qual é muito frequente em fábricas e galpões. Nos últimos anos, eles também têm sido explorados nos projetos residenciais. O shed é considerado liso, pois não apresenta nenhuma ondulação ou serrilhado ao contrário das telhas sobre as quais são aplicados.

Cumeeira Perfil

Já a cumeeira de perfil é ondulado e seu principal objetivo é se encaixar perfeitamente nas telhas com a mesma especificação. Desse modo, é possível criar um efeito mais discreto sem chamar muita atenção para a própria cumeeira. É uma forma de fazer o telhado chamar atenção por si só.

Cumeeira Lisa

A cumeeira lisa é bem parecida com a shed, porém ela não pode ser utilizada lateralmente nos alpendres. O efeito sobre os telhados é praticamente o mesmo e elas são capazes de transpor vários tipos de ondulação.

Cumeeira Shed Dentada

É também uma cumeeira do tipo alpendre, isto é, que é fixada entre a lateral e a parte superior de uma construção. Neste caso, ela é dentada e, portanto, pode se encaixar nas ondulações de telhas com o mesmo efeito.

Cumeeira Lisa Dentada

Esse tipo de cumeeira conta com uma superfície lisa, mas é considerada dentada, pois não apresenta um formato triangular, mas pentagonal.

Quais são os principais materiais das cumeeiras?

As cumeeiras são fabricadas com vários materiais. Geralmente, são os mesmos utilizados na telhas. Confira a seguir!

PVC

O PVC é um dos principais materiais utilizados nas cumeeiras. Ele apresenta várias vantagens, como a diversidade de cores e modelos, alta impermeabilidade, durabilidade, resistência, leveza etc. No entanto, pode não ser esteticamente adequado para alguns projetos.

Fibrocimento

O fibrocimento geralmente só é utilizado nas cimeiras quando as telhas são do mesmo material. Afinal, há menos opções de cores e, por não serem esmaltados, os detalhes irregulares da superfície podem se destacar em um telhado mais liso.

Metais

Os metais são uma excelente opção quando você utiliza uma cobertura galvanizada ou de galvalume. Da mesma forma, podem ser facilmente empregados na cumeeira perfil. As opções esmaltadas permitem uma maior diversidade de cores e uma proteção extra contra os danos físicos e químicos.

Cerâmica

As cumeeiras de cerâmica só fazem sentidos quando instaladas junto com as telhas de mesmo material. Aqui, há opções mais artísticas, visto que há fabricantes (principalmente, artesanais) de peças com design diferenciado.

Ecológico

Por fim, não podemos deixar de falar dos materiais ecológicos, visto que o ideal sustentável tem sido muito importante na construção civil. Então, quando você utiliza materiais que agridem minimamente o meio ambiente e adotam processos menos danosos, você melhora a imagem da empresa, especialmente nos setores mais escolarizados e engajados.

Qual a importância da cumeeira?

A principal função da cumeeira é impedir que a fresta gerada pelo encontro de duas águas do telhado não fique exposta. Afinal, ela ser uma fonte importante de infiltrações, visto que a chuva tende a se acumular facilmente em qualquer vão. Com o tempo, há um comprometimento da cobertura, provocando goteiras e outros problemas nas construções.

Quando é necessário utilizar uma cumeeira?

Como explicamos, as cumeeiras não são necessárias em todos os projetos. Elas são imprescindíveis somente nos casos em que se forma arestas no pico no modelo de telhado que chamamos tecnicamente de tesoura.

Como realizar o assentamento das cumeeiras?

O assentamento da cumeeira depende do tipo escolhido. Se você optar pela cerâmica, ele será por encaixe assim como as telhas esse material. Por outro lado, no caso do PVC, do metal e das ecológicas, provavelmente elas serão pregadas nas vigas do telhado ou em outras estruturas de sustentação.

Portanto, se você quer um visual bonito no seu telhado, não deixe de considerar modelos bonitos de cumeeira para dar aquele acabamento incrível para a construção. Além disso, essas peças também ajudam na proteção, evitando goteiras e infiltrações.

Quer saber mais sobre os tipos e modelos de telhado mais resistentes ao vento? Então, confira nosso post completo sobre o assunto!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.