Como consertar o telhado? Veja pequenos reparos que podem ser feitos

Chuvas com vento, ou chuvas de granizo podem danificar partes do telhado, mas, por sorte, muitas vezes os danos não são tão extensos e podem ser consertados sem a ajuda de um profissional especializado. Você sabe como consertar o telhado? Acompanhe nossas dicas!

Antes das dicas, lembre que subir no telhado é uma atividade de risco, por isso, tome cuidado ao fazer as manutenções. Utilize os equipamentos de segurança adequados.

Verifique a proporção dos danos

Avalie as condições gerais da cobertura, muitas vezes as infiltrações podem ser causadas por problemas simples, como uma telha desencaixada. Para facilitar a conferência, siga esse check list e veja alguns possíveis danos do telhado:

  • confira as telhas, veja se existem telhas desencaixadas ou quebradas na cobertura;
  • verifique as calhas, devem estar limpas, livres de obstruções, niveladas e permitir o escoamento da água;
  • teste os rufos, utilize uma mangueira para conferir a estanqueidade do sistema;
  • confira a tubulação pluvial, verifique possíveis entupimentos e danos;
  • veja a conservação do madeiramento e estrutura do telhado;
  • verifique danos nas mantas e sistemas de impermeabilização da cobertura.

Muitas vezes, uma simples telha quebrada pode ocasionar um dano estrutural passado certo tempo, por isso, é necessário avaliar a extensão dos problemas.

Veja qual é a melhor forma de subir no telhado

Alguns telhados têm fácil acesso e outros exigem escadas, ou andaimes específicos. Veja qual é a maneira mais segura de chegar até a cobertura e lembre, qualquer trabalho acima de 2 metros de altura é considerado trabalho em altura, por isso requer o uso de equipamentos de proteção individual (EPI’s).

Utilize cintos de segurança, botas, capacetes e luvas para realizar os serviços de manutenção nos telhados.

Separe as ferramentas

Depois de verificar os danos da estrutura, você já saberá quais ferramentas serão necessárias para consertar o telhado. Organize as ferramentas e otimize o seu tempo de trabalho. Evitar subir e descer várias vezes da cobertura também é uma medida de segurança!

Escolha a época certa para fazer a manutenção

Os períodos de chuva são os mais incômodos se você tiver uma goteira em casa, certo? Nós entendemos isso, mas lembre que essa não é a melhor época para realizar a manutenção. Adote soluções paliativas, como a colocação de lonas, por exemplo.

Para substituir telhas, ou partes do telhado, aguarde uma época de seca, será mais seguro para subir no telhado. Nos períodos de chuva, as telhas já estão mais pesadas em função da água absorvida. Caminhar sobre as telhas aumenta a sobrecarga, por isso não é indicado. Independente da época, lembre de ter muito cuidado ao caminhar sobre a cobertura!

Os problemas mais frequentes

Bom, para começo de conversa você precisa saber quais comprometimentos o telhado pode ter, não é? Os problemas mais comuns que você pode encontrar ao consertar o telhado são:

  • telhas quebradas;
  • mantas rasgadas;
  • comprometimento das madeiras por infiltrações e cupins;
  • entupimento das calhas;
  • falta de estanqueidade dos rufos.

Além disso, se sentir necessidade, não deixe de pedir ajuda ou auxílio das pessoas. Cuide para que não ocorra acidentes desnecessários e siga as nossas instruções atentamente. Lembre-se de ter uma boa análise para não fazer reparos precipitados.

Agora que você já é um especialista em como consertar o telhado, confira aqui como você pode economizar usando telhas ecológicas!

Leave a Reply

Posts mais populares

 6 ferramentas essenciais para ajudar nas obras
31/10/2019
8 cuidados de como andar no telhado com segurança
30/10/2019
Saiba como realizar uma reforma rápida em ambientes
29/10/2019
Guia completo de iluminação para casa: como deixar iluminada?
25/10/2019
Reforma de casas antigas: como fazer sem mudar a rotina?
25/10/2019

Text Widget

Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Donec sed odio dui. Etiam porta sem malesuada.