Cobertura: o guia completo da reforma ou construção de telhados

Está planejando uma reforma ou construção de telhados, mas não sabe por onde começar? A cobertura é uma parte muito importante de qualquer edificação, já que ela é responsável pela proteção dos ambientes internos contra as intempéries. Além disso, elas também fornecem uma estética única aos imóveis, com diversas possibilidades de personalizações encantadoras.

Muitas pessoas acabam achando o processo de uma obra muito complicado e, por isso, acabam adiando a reforma ou a construção do telhado. Acontece que a ausência de manutenções periódicas pode sujeitar problemas futuros que acabam comprometendo toda a integridade da edificação.

Por isso, elaboramos este guia para tirar quaisquer dúvidas que você tenha sobre esse processo, norteando as suas decisões para você realizar a melhor escolha para você e a sua família!

Quando reformar ou construir?

Para garantir uma obra tranquila e de qualidade, é preciso um planejamento minucioso, já que existem detalhes que podem afetar todo o processo de construção ou reforma da sua cobertura. Por isso, o inverno é considerado o melhor período para esse tipo de trabalho. Isso porque, por ser uma estação bem seca, a frequência das chuvas é bem menor nessa época do ano, tornando o processo bem mais rápido.

O clima seco é essencial para reduzir a possibilidade de acidentes que a umidade das telhas pode causar. Por isso, é preciso ficar atento quanto à previsão do tempo, já que os períodos chuvosos são muito prejudiciais para esse tipo de trabalho.

Outro ponto importante do inverno em uma reforma ou construção da sua cobertura é a temperatura mais baixa. Esse clima é extremamente favorável para que os profissionais envolvidos na obra não passem várias horas seguidas trabalhando de baixo de um sol escaldante, tornando o processo o mais confortável possível.

O que considerar ao escolher o telhado para sua casa?

Existem diversos fatores que você deve considerar ao escolher a cobertura ideal para o seu imóvel. Essa escolha pode ser difícil, já que envolvem decisões críticas que podem impactar todo o andamento da obra. Por isso, recomendamos que esse tipo de compra deva ser acompanhado ou assessorado por especialistas, facilitando a sua escolha.

Para clarear a sua decisão, separamos alguns pontos que geralmente são analisados durante o planejamento de uma construção ou reforma de coberturas para você escolher o melhor telhado.

Durabilidade

A durabilidade das telhas é um fator muito importante durante a construção ou reforma da sua cobertura. Isso porque, quanto melhor for a qualidade do material utilizado, menos problemas você vai ter com o surgimento de goteiras e infiltrações. Existem materiais de alta resistência no mercado, como as telhas ecológicas e as translúcidas Onduclair.

No caso da primeira, ela apresenta alta durabilidade, principalmente quando comparada aos outros materiais, além de ser um material impermeável. Isso garante a eficiência do produto durante vários anos, de acordo com a garantia do fornecedor.

Já as telhas translúcidas Onduclair são bastante resistentes as mudanças de temperatura e não sofrem ressecamento. Isso torna esse produto uma ótima escolha para quem quer algo durável.

Peso

Esse é um ponto indispensável, pois envolve vários fatores de sua obra. Para começar, o peso das telhas é que vai determinar o seu investimento na estrutura do telhado, já que quanto mais pesado, mais madeiramento será necessário para compor a cobertura.

Além disso, a velocidade da obra pode ser comprometida caso você opte por materiais mais pesados, já que os profissionais envolvidos vão ter que lidar com os produtos com maior cuidado para evitar acidentes e desperdícios.

Dessa forma, é importante optar por telhas de qualidade e que sejam leves, facilitando toda a sua obra. As telhas ecológicas pesam apenas 3,4 Kg por metro quadrado, sendo uma opção extremamente econômica para o seu lar, já que elas chegam a pesar até 12 vezes menos que os modelos de cerâmica e é até 4 vezes mais leve que as de fibrocimento.

Inclinação do telhado

A inclinação do telhado é determinada pelo modelo de telha escolhido para a sua obra. Por isso, é muito importante checar com o fabricante quais são os valores indicados para o produto escolhido. Essa é um ponto muito importante, já que um simples erro pode comprometer toda a estrutura da sua cobertura, aumentando a incidência de infiltrações e goteiras no interior da casa.

Por isso, ao realizar um projeto de obra no seu telhado, procure entender quais materiais mais se encaixam na inclinação desejada para garantir o sucesso da sua obra.

Qualidade

Contar com telhas de qualidade para o seu telhado é indispensável para evitar uma série de problemas no futuro. Por isso, é importante procurar por produtos confiáveis, que possibilitem maior tranquilidade sobre a sua eficiência.

Acontece que uma telha de má qualidade pode ser responsável pelo aparecimento de goteiras e infiltrações provocadas pelas chuvas, possibilitando o acúmulo de água no forro da cobertura. Além disso, contar com um bom produto é a melhor solução para reduzir a frequência de manutenções no seu telhado, tornando-se um ótimo meio para economizar no processo.

As telhas ecológicas, por exemplo, são extremamente resistentes a ventos fortes e vendavais de mais de 250 km/h, além de ser resistente a quedas de objetos pois são mais flexíveis e absorver melhor o impacto, do que outras telhas mais rígidas que existem no mercado.  Possibilitando uma longa vida útil para a sua cobertura.

Elas também têm menor taxa de absorção de água — que é o principal motivo de sobrecarga na estrutura do telhado — possibilitando um imóvel sempre seco e com uma estrutura mais durável para a sua família.

Conforto térmico

Como forma de garantir maior conforto térmico nos ambientes internos da sua residência, é preciso considerar bem qual material de telhas você vai usar durante a reforma ou construção do seu telhado. Essa escolha vai impactar diretamente na temperatura e, por isso, deve ser feita com bastante cuidado.

As telhas de metal, por exemplo, precisam de um revestimento para barrar a entrada de calor em períodos quentes e a saída dele em dias mais frios. As ecológicas, além de serem uma opção sustentável, são ideais para proporcionar um ótimo conforto térmico.

Elas têm um baixo índice de condutividade térmica, possibilitando que os ambientes internos não esquentem e nem esfriem de mais. Além disso, elas esfriam mais rápido durante a noite, possibilitando um descanso mais confortável e fresco.

Quais tipos de cobertura utilizar?

Logo no início do planejamento do seu projeto de reforma ou construção de cobertura é necessário definir qual será o tipo de telhado mais adequado para o seu imóvel. Existe uma grande variedade de opções para diferentes edificações. Por isso, mostraremos as principais características de cada modelo para você escolher o que melhor combina com o estilo e as necessidades da sua casa!

Telhado aparente inclinado

Esse é um dos tipos de coberturas mais utilizados no país. Ele é composto por telhas sobre uma estrutura que pode ser de madeira ou aço. A sua execução geralmente é feita em uma ou mais águas, cuja inclinação mínima deve seguir as especificações do modelo de telha escolhida para o processo.

Antes de iniciar a obra, é preciso definir a quantidade de águas que vão compor a cobertura, já que esse ponto não se trata apenas de estética. Por isso, é indispensável levar em consideração diversos aspectos do projeto — como a direção da queda das águas pluviais ou se a casa é geminada, por exemplo.

Um dos principais benefícios que esse tipo de telhado tem é o seu escoamento de água, já que ele possibilita a distribuição e escoamento do líquido para fora da construção. Isso pode ser feito tanto com o uso de calhas aparentes ou por beirais. Outra vantagem é a sua ampla difusão, possibilitando futuras manutenções ou reformas muito mais práticas.

Mansarda

Esse é outro tipo de cobertura aparente e que é bastante utilizado no Brasil. O mansarda é realizado em projetos de construções que possuem sótãos ou outros tipos de ambientes internos no telhado. Assim, a partir do projeto, é possível planejar janelas ou outros tipos de aberturas para facilitar a entrada e iluminação natural, além de um espaço adicional no andar do telhado.

A grande vantagem desse tipo é justamente a sua ampliação do pé-direito útil da casa. Existe uma ressalva nesse modelo, já que ele exige um investimento maior em relação à proteção térmica quando comparado com os demais.

Dessa forma, é preciso executar um isolamento térmico a partir do uso de lã de vidro ou de rocha. Caso essas medidas não sejam tomadas, os ambientes podem ficar inadequados para o uso por causa do calor interno.

Salt

Aqui, um lado do telhado é bem maior que o outro. Assim, além desse diferencial na estética da cobertura, ele é a melhor solução quando o imóvel possui um pavimento a mais em um dos lados da edificação, como um mezanino, por exemplo.

Apesar da execução mais trabalhosa e desafiadora, ele possibilita um design diferenciado e inovador, sendo uma opção para quem quer um imóvel que se destaque na vizinhança.

Telhado embutido

Os telhados embutidos são a opção ideal para dar um requinte no visual das edificações, possibilitando um design moderno e contemporâneo para os imóveis. Eles possuem diversas variedades estéticas, ocultado a inclinação do telhado da construção.

Para realizar a execução desse modelo de cobertura, é possível utilizar lajes impermeabilizadas com uma manta asfáltica ou até mesmo com telhas de menor inclinação que vão ficar envolta por uma extensão das paredes externas do imóvel, conhecida como platibanda.

Assim, caso você opte por uma laje plana impermeabilizada, é possível configurar um ambiente de terraço descoberto que pode ser usado para outras finalidades. Com isso, é possível economizar em madeiramento.

Além disso, caso escolha a telha metálica para compor o seu telhado, é possível contar com uma instalação ainda mais rápida, já que nesse processo o número de materiais é menor, possibilitando uma instalação mais prática.

A grande desvantagem desse modelo é que, por causa das platibandas, não é possível antever possíveis problemas no telhado, resultando em infiltrações e goteiras.

Telhado verde

A combinação da estética ao conceito de sustentabilidade possibilita diversas opções de personalização de cobertura com os telhados verdes. Essa solução funciona como uma espécie de jardim diretamente no telhado das edificações, permitindo um ambiente muito mais agradável para os moradores. Isso acontece porque, esse tipo é capaz de fornecer um conforto térmico maior para os moradores, favorecendo a qualidade dos ambientes internos.

Essa solução sustentável é executada sobre uma laje completamente impermeabilizada e equipada com drenos e tratada para essa finalidade. O conceito de sustentabilidade e a sua capacidade de isolamento térmico são as principais características dos telhados verdes, conseguindo absorver até 90% a mais do calor que os demais modelos.

Quais são os elementos de uma cobertura?

Agora que você conheceu os principais tipos de coberturas, vamos detalhar os elementos que compõe um telhado para você entender perfeitamente como planejar a sua reforma ou construção!

Estrutura do telhado

A estrutura é o esqueleto do telhado. Ela quem dá sustento para as telhas, possibilitando a proteção dos ambientes internos das edificações. Geralmente, ela é composta de madeira — principalmente em construções residenciais — mas pode ser usado diferentes materiais, como o metal.

O formato da estrutura do telhado vai variar de acordo com o tamanho do imóvel, o modelo das telhas que vão ser utilizadas, os caimentos, a agressividade do ambiente etc. Aqui, existem alguns elementos essenciais que a compõe, como as tesouras, as terças, as vigas, os caibros, as ripas e as treliças.

Telhas

As telhas são um dos elementos mais importantes de uma cobertura. Elas são responsáveis pela proteção dos ambientes internos, além da estética do imóvel. Existem diversos modelos no mercado de diferentes tipos de materiais. Por isso, conhecer as suas características é indispensável para adequar o seu uso de acordo com as necessidades do projeto.

Cerâmica

As telhas de cerâmica são as mais populares no Brasil. Por isso, é possível visualizá-las em praticamente qualquer casa pelas cidades. Elas oferecem um ótimo isolamento térmico, além de inibir a propagação externa de sons aéreos. Elas vêm em diversos modelos e diferentes cores, possibilitando um visual encantador para o seu lar.

Ecológicas

Essa é uma ótima escolha para quem quer um estilo único aliado ao conceito de sustentabilidade. Existem tipos de telhados ecológicos que são compostos com materiais recicláveis e fibras vegetais. Isso garante uma ótima resistência e durabilidade, além de ser leve e flexível.

Translúcidas

As telhas translúcidas são a melhor escolha para quem deseja aplicara sustentabilidade no seu projeto. Existem diversos tipos de telhas transparentes que possibilitam economizar no uso de energia elétrica ao valorizar a iluminação natural nos ambientes internos por causa da sua transparência.

Calhas e rufos

As calhas são elementos indispensáveis para uma cobertura. Elas são responsáveis pela drenagem da água da chuva. Dessa forma, é possível definir onde será o ponto de escoamento do telhado, evitando problemas com infiltrações e goteiras nos ambientes internos.

Agora, já os rufos, são elementos de vedação entre a alvenaria e a cobertura. Eles formam uma barreira física que impede a infiltração de água nas paredes e muros.

Quais são as etapas da reforma de um telhado?

A manutenção preventiva dos telhados é uma ação muito recomendada. Por isso, reformar a sua cobertura por completo é uma ótima opção para evitar riscos contra vazamentos e infiltrações. Para tanto, separamos as principais etapas desse processo.

Contrate uma equipe especializada

A contratação de uma equipe especializada é primordial para reformar o seu telhado. Por isso, certifique-se de que o seu fornecedor possui registro para todos os funcionários e procure por indicações de outras obras realizadas pela equipe.

Contrate um engenheiro

Antes de iniciar a reforma do seu telhado, procure entrar em contato com um engenheiro de confiança. Assim, é possível realizar uma análise completa da atual situação da sua cobertura, além de elaborar um cronograma de toda a sua obra.

Troque as telhas

Após a contratação de um engenheiro, verifique a possibilidade de trocar as telhas do seu telhado por outros materiais mais rentáveis e eficazes para o seu imóvel. Assim, você terá maiores opções de como economizar na obra, já que existem modelos de telhas mais leves que demandam menos profissionais para tocarem a reforma.

Troque as calhas

Um dos grandes erros cometidos em reformas de telhados é evitar a substituição das calhas. Elas e os rufos são essenciais para o funcionamento da cobertura. Por isso, devem ser bem dimensionadas, permitindo que toda a água captada seja encaminhada para redes de água de chuva ou de aproveitamento.

Quais são as etapas do processo de construção de um telhado?

Entender as principais etapas de uma construção de telhado é a forma mais garantida de evitar problemas com atrasos, gastos desnecessários ou um serviço de má qualidade.

Contrate bons profissionais

Contar com uma equipe de profissionais qualificados é a melhor forma de realizar uma obra ou reforma de qualidade em seu imóvel. Ter uma mão de obra que conhece todas as etapas necessárias para esse tipo de trabalho é muito importante.

Dessa forma, você vai ter maior garantia que o serviço será bem-feito, evitando atrasos e desperdícios de materiais. Além disso, você terá certeza que os profissionais respeitaram os prazos estipulados, reduzindo gastos com o prolongamento da obra.

Escolha as madeiras necessárias

Agora que você encontrou uma equipe de profissionais de confiança para tocar a sua obra, é hora de escolher as madeiras que vão compor a estrutura do seu telhado. Aqui, é muito importante que você procure por um material indicado e que seja capaz de se adaptar à sua casa.

Um bom exemplo disso é a madeira garapeira, que além de uma ótima densidade, ela garante maior proteção contra o ataque de insetos. Além disso, você também pode optar pelo eucalipto, que, além de ser muito econômico, também favorece maior aconchego para o seu lar.

Conte com telhas de qualidade

O tipo do material das telhas é quem vai determinar diversos fatores na sua reforma. Por isso, essa etapa é muito importante para toda a sua obra. Procure sempre contar com um produto resistente e durável, já que assim é possível reduzir os gastos com trocas e manutenção do telhado.

A qualidade desse produto é indispensável para a sua cobertura, já que isso garante a eficiência das telhas em proteger os ambientes internos contra as intempéries, as infiltrações e as goteiras. Caso o seu projeto valorize o conceito de sustentabilidade, é possível contar com modelos ecológicos e translúcidos.

Como identificar problemas nas telhas?

A identificação de problemas nas telhas é muito fácil, já que elas começam a apresentar o surgimento de goteiras, manchas na laje, infiltrações e descascamentos de pintura, por exemplo. Os modelos de fibrocimento, concreto e cerâmica são propícias às falhas devido a sua composição, além de serem menos resistentes à choques mecânicos e absorverem mais umidade.

Outro problema bastante comum nas coberturas é na falha do sistema de impermeabilização. Acontece que os sistemas tradicionais têm um prazo de validade e, com o passar dos anos, ficam sujeitos às falhas.

Como identificar problemas nas calhas e rufos?

Geralmente, as calhas apresentam alguns problemas após longos períodos de estiagem. O acumulo de sujeira acaba entupindo os tubos de quedas e, por isso, uma manutenção periódica é recomendável. Isso porque, tudo que impede o escoamento da água pode gerar um acúmulo excessivo em alguns lugares não projetados para essa finalidade.

Já os problemas de rufos podem ser facilmente identificados com o surgimento de infiltrações, principalmente quando não existem telhas quebradas ou rachadas. Por isso, é possível suspeitar que a água está infiltrando lateralmente por causa dos rufos defeituosos.

O que fazer quando o problema é nas telhas?

Caso você identifique um problema nas telhas, é preciso uma avaliação cuidadosa de um profissional de confiança, já que é possível trocar as peças defeituosas. Caso o seu imóvel conte com telhas metálicas, os problemas podem acontecer nas fixações, possibilitando a passagem de água e gerando vazamento nos ambientes internos.

Como as telhas e os sistemas de impermeabilização têm uma vida útil limitada, mesmo com a realização de manutenções periódicas, eventualmente pode ser necessário realizar uma obra para garantir a integridade do imóvel.

Existe uma solução bastante eficaz e prática para as reformas de coberturas que é a impermeabilização com base em silicone. Isso possibilita refazer o sistema sem a necessidade de remover os revestimentos antigos.

Pronto! Com isso você tem as informações necessárias para realizar uma reforma ou construção de telhados em sua cobertura, garantindo o sucesso da sua obra. Por isso, reforçamos a importância de contar com profissionais e revendedores de confiança. Assim, é possível contar com materiais de qualidade e contemplar o seu imóvel com maior conforto e segurança.

Gostou deste guia? Aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais para que os seus amigos e conhecidos possam realizar a reforma ou construção de telhados dos sonhos!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.