5 motivos para não escolher a telha portuguesa para o seu telhado

Para muitos, a telha portuguesa é considerada uma evolução da telha colonial. Como esse tipo de telha oferece bom rendimento e tem encaixes que conferem  maior estabilidade ao telhado, a telha portuguesa acaba sendo uma opção mais vantajosa para quem busca telhados de cerâmica.

Imagem ilustrativa de telha portuguesa

Porém, embora a telha portuguesa ofereça esses benefícios e seja bastante popular, isso não significa que ela é a melhor opção para o seu projeto. Para descobrir porque esse modelo de telha nem sempre é a melhor escolha, vale a pena continuar lendo.

Telha portuguesa: o que você precisa saber?

Se você parar para imaginar um telhado, provavelmente você pensará em uma telha colonial. A telha colonial é um modelo de telha de cerâmica, arredondada, bastante utilizada na construção civil.

A telha portuguesa, por sua vez, é muito semelhante à telha colonial, porém conta com encaixes mais eficientes. Por conta disso, a telha portuguesa acaba promovendo uma cobertura mais estável e uniforme, especialmente quando comparada aos outros tipos de telha de cerâmica.

Imagem ilustrativa de telha portuguesa (esquerda) e telha colonial (direita)

Imagem ilustrativa de telha portuguesa (esquerda) e telha colonial (direita).

Outra vantagem é que esse modelo de telha rende mais do que as telhas coloniais e os outros tipos de telha de cerâmica. Para 1 metro quadrado são necessárias apenas 17 peças, enquanto que para a telha colonial, por exemplo, é preciso 25.

O peso médio de cada unidade é de 2,6 kg e é preciso uma inclinação de pelo menos 25% para o telhado.

Um dos maiores atrativos da telha portuguesa é o seu custo. No entanto,  ela também apresenta algumas desvantagens, que podem transformá-la em uma opção menos interessante para o seu telhado.

Porque não escolher a telha portuguesa para o seu telhado

Existem diversos motivos para não escolher a telha portuguesa para o seu telhado. Embora ela tenha um custo mais acessível, comparado aos outros tipos de telha, é interessante prestar atenção em algumas características que fazem com que este tipo de telha não seja a melhor solução para a sua cobertura.

Abaixo, vamos falar um pouco sobre cada uma delas.

1. Peso e estrutura

As telhas de cerâmica são naturalmente pesadas. Isso significa que a estrutura do telhado precisa ser mais forte para aguentar o peso delas. Apenas como referência, uma telha portuguesa chega a pesar 40,8 kg/m².

Um telhado com estrutura robusta implica em gastos que vão além do custo das telhas. Logo, um  telhado de telhas portuguesas não é tão econômico quanto parece.

2. Impermeabilização

Telhas de cerâmica também são naturalmente porosas. Isso facilita o acumulo de umidade e o aparecimento de fungos. Embora o consumidor encontre no mercado modelos esmaltados e impermeabilizados, é recomendado aplicar, de tempos em tempos, uma nova camada de impermeabilizante. Também é necessário fazer limpezas periódicas, evitando que os fungos deteriorem a cobertura.

O uso de mantas impermeabilizantes também é recomendado para evitar problemas como infiltrações e goteiras que podem ocorrer nesse tipo de cobertura. Além disso, devido às variações de temperatura, a cerâmica pode sofrer dilatação ou contração, gerando movimentos no telhado. Esse tipo de movimentação é o que acaba gerando espaços que favorecem o aparecimento das goteiras e infiltrações.

3. Inclinação

A telha portuguesa exige uma inclinação mínima de 25%. Por isso, nem sempre ela é interessante para qualquer projeto. Telhados planos ou coberturas mais íngremes não podem ser construídos com telha portuguesa.

 

4. Durabilidade relativa

Outra questão que faz com que a telha portuguesa e outras telhas de cerâmica sejam bastante procuradas é a questão da durabilidade. De fato, coberturas de telhas de cerâmica podem durar bastante tempo. Porém, para que isso aconteça, a manutenção periódica é obrigatória e deve ser rigorosa.

Existem outros tipos de telhas que não requerem tanta manutenção e podem representar mais vantagens tanto para o projeto, quanto para o orçamento. Por isso, vale a pena pesquisar antes de optar pela telha portuguesa.

5. Destelhamento

Muita gente acredita que as telhas de cerâmica, por serem mais pesadas, são mais resistentes à ação do vento. Porém, isso não é verdade. Por conta da inclinação, dependendo da velocidade e da direção do vento, existe o risco de destelhamento. O destelhamento é um problema sério, que também traz prejuízos com goteiras e infiltrações.

Para evitar esse problema, o ideal é fazer amarrações no telhado que garantam mais segurança. Essa medida preventiva exige investimento em mais material e mão de obra, encarecendo os custos do projeto.

A telha portuguesa, como você pode perceber, não é tão econômica quanto parece. Ela também possui alguns gastos embutidos que nem todo mundo vê quando olha somente para o custo do material.

Alternativas para a telha portuguesa

Durante um bom tempo, as telhas de fibrocimento e cerâmica dominaram o mercado nacional. Hoje, no entanto, o consumidor já tem outras opções de materiais de construção para o telhado. O mercado de itens para cobertura vem evoluindo bastante e telhas funcionais, mais leves e mais resistentes já estão disponíveis para quem quer fazer projetos mais inteligentes.

As telhas ecológicas, por exemplo, são mais leves do que as telhas de cerâmica. Além de gastar menos com a estrutura do telhado, com elas a cobertura fica pronta em bem menos tempo.

Imagem ilustrativa de telha ecológicaPara escolher o melhor tipo de telha para o seu projeto, pesquise, pergunte e converse com profissionais da construção civil. O mercado tem cada vez mais opções e construir de forma sustentável e inteligente vem se mostrando uma tendência que gera valor agregado ao projeto e contribui para a qualidade de vida dentro e fora da edificação;

Agora que você já conhece um pouco melhor a telha portuguesa, que tal conhecer alguns materiais de construção sustentáveis que vem transformando projetos da construção civil?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

    Qual é o tempo de vida útil da telha ecológica em comparação a telha de cerâmica?

      Olá Adriano.

      As telhas ecológicas Onduline, quando instaladas seguindo corretamente o manual de instalação e com as manutenções periódicas recomendadas sempre realizadas tem 15 anos de garantia e vida útil de mais de 40 anos.

      Obrigado por participar do nosso blog.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.