5 erros comuns no telhado de madeira que você pode evitar

O telhado de madeira é uma opção sustentável para projetos de construção residencial.

Imagem ilustrativa de telhado com telhas de madeira

Existem dois tipos de cobertura de madeira: as telhas e os shakes. As telhas de madeira possuem um perfil cônico e liso, já os shakes são planos e apresentam uma textura levemente granulada. Além disso, os shakes são mais grossos do que as telhas.

Imagem ilustrativa de telhado de madeira do tipo shake

O telhado de madeira é muito bonito, durável e aconchegante. No entanto, sua construção exige muitos cuidados, que começam no planejamento da obra e vão até a manutenção da estrutura. Continue lendo e saiba quais são eles!

Erros na construção de um telhado de madeira 

1. Não comprar madeira certificada

Imagem ilustrativa de madeira certificada

Toda madeira utilizada em um projeto de construção ou reforma, tanto no telhado, como nos pisos e paredes, deve ser certificada. Essa é a melhor maneira de garantir que o seu cultivo e extração do material foram feitos com total respeito ao meio ambiente. Além disso, comprar telhas ou shakes de madeira certificada contribui para a diminuição do desmatamento ilegal das florestas brasileiras.

Existem algumas diferenças entre madeira certificada e madeira legalizada.

Uma certificação ambiental é projetada para garantir o manejo florestal ambientalmente correto, socialmente benéfico e economicamente viável. Tudo isso é obtido por meio da avaliação das florestas onde ocorre a extração e também das madeireiras que, voluntariamente, passam por um processo de análise para obter a certificação.

Ou seja, uma certificação implica em valor agregado, uma vez que o procedimento garante a origem legal e sustentável das matérias-primas. Já, a madeira legalizada é extraída por uma autorização legal, mas isso não garante que a área desmatada será recuperada.

2. Não contratar um profissional especializado

Imagem ilustrativa de profissional especializado em telhados - telhadista

Um telhadista experiente é capaz de construir uma cobertura de madeira de qualidade, evitando que a estrutura fique com falhas que venham a comprometer a integridade da construção.

Um profissional especialista também garantirá o bom engradamento do telhado de madeira, para que a estrutura construída esteja perfeitamente alinhada. Isso é essencial para evitar que as telhas quebrem e surjam aberturas ou trincas que possam causar infiltrações.

Além disso, esse profissional poderá ajudará a escolher a madeira ideal para o seu projeto.

3. Não cuidar da manutenção

A manutenção é essencial para o bom desempenho de qualquer material de cobertura, o que inclui a madeira. Essa cobertura precisa ser regularmente limpa para não acumular detritos como folhas, lixo e gravetos.

A limpeza do telhado de madeira também deve incluir as calhas e os condutores, estruturas projetadas para coletar a água da chuva. A falha em manter calhas limpas pode resultar no acúmulo excessivo da água, o que acaba por danificar a cobertura de uma casa.

 

4. Não tratar a madeira

Telhas de madeira podem ser atacadas por uma grande variedade de organismos. Fungos são os mais comuns. Esporos fúngicos que flutuam no ar podem se instalar no telhado de madeira, germinar e produzir células semelhantes a cordões, que crescem através das células da madeira. Alguns fungos vivem apenas de compostos armazenados na madeira, enquanto outros atacam os materiais estruturais que dão à madeira suas propriedades de resistência.

Os fungos que vivem dos compostos existentes nas cascas não causam danos estruturais. No entanto, esses organismos podem apresentar uma coloração esverdeada, prejudicando a aparência do telhado de madeira. Telhas de cedro, por exemplo, são frequentemente colonizadas por fungos de pigmentação verde escura que desfiguram a superfície da madeira. Estes fungos tendem a ser mais prevalentes nas superfícies,  onde as condições de umidade são mais adequadas ao seu crescimento.

A maioria das espécies de madeiras utilizadas na fabricação de telhas e shakes é resistente aos fungos, no entanto, para garantir uma boa durabilidade da madeira também é preciso imunizar o material. Esse processo também evitará que a cobertura da sua casa seja atacada por cupins, insetos que se alimentam da madeira. O tratamento deve ser feito antes da montagem do telhado e ser repetido periodicamente.

5. Escolher errado as telhas

A madeira é um material higroscópico, o que equivale a dizer que é poroso e retêm ou libera umidade, dependendo do ambiente onde é instalado.

Quase toda espécie de madeira pode ser utilizada na fabricação de telhas ou shakes, mas as mais duráveis e dimensionalmente estáveis devem ter prioridade na hora da compra. As espécies de madeira mais comuns para essa finalidade são a Peroba Rosa, o Angelim Vermelho, a Garapeira, o Cambará, a Cupiúba e o Camuru.

Todas essas espécies são caracterizadas por terem no seu núcleo – também chamado de cerne – compostos capazes de resistir à umidade, além de serem tóxicos para fungos e insetos que poderiam colonizar a madeira.

Esses compostos, chamados extrativos, também tornam a madeira dimensionalmente mais estável. Como resultado, telhados desses espécies de árvores podem resistir à deterioração por muito mais tempo que madeiras de outras espécies. Alternativamente, madeiras mais perecíveis podem ser artificialmente impregnadas com conservantes, como os biocidas, para prolongar sua vida útil.

Além disso, para garantir a qualidade da construção, é preciso evitar telhas que apresentem:

  • Sinais de esmagamento, rachaduras ou fendas;
  • Superfícies empenadas ou curvadas;
  • Que apresentem fungos ou cupins;
  • Que estejam muito úmidas.

Embora seja muito bonito e acolhedor, um telhado de madeira pode trazer vários prejuízos e transtornos caso não seja bem executado. Além disso, é preciso comprar telhas de madeira certificada e ficar atento para não comprar produtos que apresentem defeitos estruturais. Também é preciso escolher um tipo de madeira adequado para construção de telhados.

Agora que você já sabe quais são os erros mais comuns na construção de um telhado de madeira, saiba como evitar goteiras e infiltrações no telhado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.