4 motivos para não escolher a telha italiana para o seu telhado

Vai construir ou reformar o telhado e está em dúvida entre os tipos de telha disponíveis no mercado? Já pensou em usar a telha italiana no seu projeto?

Imagem ilustrativa do post sobre telha italiana

Como um elemento de fundamental importância em um projeto arquitetônico, o telhado é responsável por aspectos como a segurança e o conforto térmico de uma edificação. Além disso, o telhado contribui para a estética de um imóvel.

A telha italiana é um material de construção muito popular no Brasil. Utilizada principalmente em construções de inspiração europeia, essa cobertura de barro oferece elegância e sofisticação ao telhado. No entanto, esse tipo de telha também pode ser motivo de muitos transtornos.

Quer saber por que a telha italiana pode ser um problema para o seu projeto? Continue a leitura!

Telha italiana – como é esse material de construção?

Telhas de barro, como a telha romana e a telha italiana, são feitas de argila em um processo de extrusão. A densidade da peça é determinada pelo período de tempo e pela temperatura em que é aquecida.

A telha italiana possui formato arredondado muito semelhante à telha colonial e, normalmente, é utilizada na construção de espaços amplos, já que é maior que outros tipos de telhas cerâmicas.

É possível encontrar a telha italiana nas cores ocre (a cor natural do barro) ou branca. Cada peça pesa em torno de 2,50 kg/ m² e para cobrir um espaço de 1 m² são necessárias 14 telhas.

Por que não usar a telha italiana no seu telhado?

Existem muitos motivos para não usar a telha italiana no seu projeto. Embora o custo unitário dessa cobertura cerâmica possa parecer tentador, essa telha de barro pode colocar seu telhado em risco. Veja por quê:

1. Estética

Em geral, os arquitetos projetam casas únicas, que se destacam entre as construções de uma vizinhança. As cores desempenham um papel importante em um projeto arquitetônico e não devem ser atribuídas apenas à decoração. Em uma casa as cores devem ser pensadas de modo a destacar a beleza, a harmonia e a geometria do projeto.

A telha italiana pode dificultar que isso aconteça, uma vez que está disponível em um único formato e em apenas duas opções de cores. Então, caso você queira uma casa personalizada, é melhor procurar opções de cobertura que ofereçam mais liberdade criativa para o projeto, como a telha ecológica de fibra vegetal, que pode ser encontrada em várias cores, como o vermelho, o verde o cinza e o preto.

Outra grande desvantagem da telha italiana em relação aos outros materiais de construção é o fato do material apresentar manchas e, até mesmo, desbotar completamente ao longo dos anos. Nesse caso, para manter a aparência do telhado, a telha precisa ser pintada frequentemente.

Como a cerâmica não tem boa aderência, será preciso repintar o telhado sempre que a tinta começar a descascar. Caso contrário, seu telhado parecerá sempre velho e pouco atrativo.

2. Qualidade

Outro motivo para você não escolher a telha italiana para o seu projeto de construção é o fato de que a qualidade do material pode variar muito de fabricante para fabricante – algumas peças possuem um bom acabamento enquanto outras apresentam defeitos como trincas e rachaduras.

Como essas pequenas imperfeições são difíceis de serem identificadas por um construtor pouco experiente, optar pela telha italiana pode comprometer a durabilidade do  telhado.

3. Impermeabilização

A cerâmica é um material poroso, que retém muita umidade. Durante a temporada de chuvas, o excesso de água aumenta o peso da telha, o que pode comprometer a estrutura de suporte do telhado.

Para tornar a cobertura menos propensa a absorver umidade, é recomendado que a telha italiana receba uma pintura impermeabilizante antes de ser instalada. Com o passar do tempo, a telha pode exigir ainda uma aplicação adicional de impermeabilizante, caso você note que a cobertura está apresentando umidade em excesso.

A cerâmica também favorece o crescimento de fungos, o que torna necessário que a cobertura seja lavada em intervalos regulares.

Para garantir que um telhado de telha cerâmica não sofra com goteiras e infiltrações, é recomendado também o uso de mantas impermeabilizantes, para proteger a cobertura.

4. Instalação

O custo de instalação da telha italiana é relativamente alto quando comparado com outras opções de cobertura, uma vez que esse material tende a pesar muito. Isso pode ser um problema, já alguns telhados podem não suportar o peso e, nesse caso, precisarão de um reforço. Por isso, antes da instalação a estrutura precisa ser testada para garantir que suportará o peso extra das telhas.

Além disso, como essa telha cerâmica exige ângulos íngremes, pode ser difícil atender certas comodidades sugeridas em um projeto arquitetônico, como chaminés, mansardas ou sótãos.

Alternativa à telha italiana

Telha ecológica

Detalhe de um telhado feito com telhas ecológicas de fibra vegetal

A telha ecológica de fibra vegetal é uma cobertura ondulada extremamente leve, capaz de reduzir o custo total da obra, uma vez que exige uma estrutura menos robusta de madeiramento. Usar menos madeira significa reduzir custos de construção, o que torna a obra mais barata.

A telha de fibra vegetal é um produto ecológico, “amigo do meio ambiente”. Feita de fibras naturais e aparas de papel reciclado, essa telha tem um processo de fabricação que reduz o consumo de matérias-primas naturais.

Todo telhado é um investimento caro, por isso é preciso escolher bem a telha que será usada no seu projeto. Recomendamos que você avalie aspectos como a estética, a qualidade e a impermeabilização do material, para tomar uma boa decisão.

Agora que você já sabe por que não deve escolher a telha italiana para o projeto do seu telhado, que tal descobrir como escolher a melhor cobertura para um projeto de arquitetura sustentável?

2 Respostas
  1. Ladmar

    Não trocaria o tradicional pelo moderno. Tradicional já e tecnologia testada e aprovada. Modernismo tipo telha de vegetal não tem referência de tempo e histórico.

    1. Equipe Coberturas Leves

      Olá Ladmar.

      Obrigado por registrar a sua opinião!

      A Onduline é uma multinacional francesa com mais de 70 anos e está presente no Brasil desde 1996. Nossos produtos e a tecnologia usada na produção deles já foi testada e aprovada nos mais rigorosos mercados da Europa.

      Quando tiver um tempo dê uma olha em nosso site para saber um pouco mais: https://br.onduline.com

      Quem sabe você muda de ideia…

Deixe um comentário